terça-feira, janeiro 09, 2007

Responda rápido...

Numa bela tarde de verão (bela é o cazzo), o sol brilhando (torrando a cabeça dos transeuntes) e uma brisa morna se infiltrando por todas as frestas (ô, mormaço do inferno!), eis que a Lívia sai de casa com cara de poucos amigos (cara de bunda furada mesmo). Deixa mamãe, papai, irmãozinhos, namorado, gato, cachorro e papagaio orgulhosos (bando de espírito de porco do caraleo), pois está indo pra sua primeira aula de legislação na autoescola (este parênteses foi censurado por excesso de imprecações).

Ela entra na autoescola e ouve as simpáticas saudações dos conhecidos (- Olha o caderninho de ursinho Pooh dela,que bonitninho!... - Vê se morre, Fabiano!). Senta na sala de aulas (abafada, porra), onde outras quinze lindas coleguinhas (cada baranga que parecia exército) esperando o começo da aula (delícia!).

Logo no começo da aula a nossa heroína tem uma dúvida: Direção defensiva...estaria prestes a aprender como ser piloto de fuga?? Oh! Mas se fosse isso havia salvação praquela aula! Mais que depressa enviou um carinhoso torpedo pro amado namorado perguntando se era aquilo, e ele, com todo o romantismo do mundo (Não, porra!) desfez o engano. Desanimada, ela abriu o caderninho do ursinho Pooh e se dispôs a anotar alguma pérola de sabedoria (rá!).

Percebeu então, que aquele professor era...hummm...peculiar (uma anta amestrada de patins), haja vista as piadinhas caprichadas (vomita) e os exemplos elaborados (vomita muito) com que recheava a explanação interessantíssima (vomita o pâncreas). De acordo com aquele gênio (da lâmpada), força centrífuga é aquela que faz o motorista seguir reto na curva quando está em alta velocidade, ocasião em que ele "chama Jesus" (pede pra morrer) e "come capim" (ele, com certeza). Como se não bastasse, era um professor performático, que demonstrava como dirigir de olhos fechados e até conhecia a requintada arte da testa na buzina (Lilhoca pode cobrar royalties).

Quase no final da aula (sessão de tortura), ele se mostrou um pouquinho preconceituoso ao exemplificar "carro em condições adversas" com a Kombi do feirante (absurdo! a kombi do Théo deve estar bem pior!). Aí contou sobre a "lenda do rebite", que segundo ele, pode ser comprado facilmente em postos de gasolina que servem de parada para os caminhoneiros, apesar de ter tarja preta e rosa (Eric, verifica se é verdade, cara e se for, compra uns pra nóis, véi!). Pra combater o sono (sim, porque o rebite ele não recomenda, sabe como é...) ele sugere abrir o vidro e tomar vento na cara enquanto canta uma música bem alto (totalmente Priscilla, a Rainha do Deserto, só falta o lenço em volta da cabeça) ou estacionar e dormir alguns minutos, mesmo que a namorada sentada ao lado tenha medo de ser "estrupada".

É, isso mesmo. Estrupada. Quando nossa heroína ouviu isso foi realmente o fim. Não aguentava mais ter a inteligência insultada, o estômago roncava que nem lambreta velha e, pra piorar, não podia comer porque tinha se pesado horas antes e descobrira que uma semana com o amado namorado tinha lhe custado quatro quilos a mais na balança.

Aí o professor perguntou se alguém ali já tinha aquaplanado (ódio!). Como se tivesse escutado, o corte no pé latejou e decretou o fim da aula, por bem ou por mal. Ela respirou fundo e foi pra casa, determinada a xingar o primeiro que perguntasse da aula.

Ah, antes de encerrar, um teste relâmpago:

- VOCÊ É:

a) Imbecil
b) Muito imbecil
c) Extremamente imbecil
d) Um cacto.

7 comentários:

Júlio disse...

Os parentêses são influência do Junior. Aposto e ganho...hauahuahauahauhaua

Ah, no teste, número D, de tatu.

nayra disse...

hilário!
e olha, minha amiga, q essa foi apenas a primeira de uma série de eternas 30hs!!!
vou acender uma vela de 3 meses pra vc,ta??
bjao

Junior - O Engordador disse...

Oba!!!! Vai pagar cada segundo de uma série de 6 hrs :-P

Sou um cacto :-P

outsider® disse...

adorava quando a professora de legislação aumentava o tom da voz quando eu começava a dormir =P

théo disse...

Na próxima, leva um pacote com pão de queijo.

E, eu não gosto de testes. NÃO GOSTO!

PS.: Eu era o melhor aluno nesse curso, o que significa que no de direção...

Anônimo disse...

A testa na buzina não deveria ser ensinada, é uma arte que nasce no coração do artista.

PS: Po, meu cérebro tá derretendo, logo, eu tenho o direito de fazer comentários impertinentes. =~

Anônimo disse...

Eu sou o anônimo :F
Lilhá

Não sei porque cazzo não consigo comentar ¬¬